Toyota

http://www.toyota.com

Boas Práticas Implementadas

  • Criar condições para estimular a inovação - Cultura de inovação

    Investir nos Recursos Humanos

    O sucesso da Toyota no mercado global reside na sua filosofia corporativa - no conjunto de regras e atitudes que regem a utilização dos seus recursos. A Toyotaconseguiu penetrar nos mercados globais e estabeleceu uma presença a nível mundial em virtude da sua produtividade e inovação. A abordagem da empresa no que respeita ao desenvolvimento e distribuição do produto é um bom exemplo de como chegar aos Clientes.

    A filosofia da Toyota de investir continuamente nos seus Colaboradores e no incremento das suas competências, é a peça central de um sistema de gestão de Recursos Humanos que promove a criatividade, a melhoria contínua e a inovação, incentivando a participação de todos os Colaboradores, incluindo a Gestão de Topo, em iniciativas de
    promoção da inovação e criatividade.
     
    Referenciado em:
  • Criar condições para estimular a inovação - Estratégia de Inovação

    Regras simples e interiorizáveis são medida de sucesso

    A Toyota transformou-se na principal produtora de automóveis à escala mundial, em grande parte devido à sua "Fábrica de Inovação". Esta "Fábrica" foi concebida para criar soluções elegantes para os problemas da Organização e do sector em que esta actua, guiando-se pelos seguintes tópicos:

    • Definição de "Três princípios base orientadores": Just in TimeLean ProductionAutonomation;
       
    • Respeito pelos "14 princípios de produção";

      - Basear as decisões numa filosofia de gestão no longo prazo, mesmo que isso afecte objectivos financeiros do curto-prazo;

      - Criar um fluxo contínuo de comunicação nos processos, de forma a que os problemas sejam rapidamente detectados e reportados;

      - Usarsistemas"Pull" para evitar o excesso de produção;

      - Nivelar/ estabilizar a carga de trabalho;

      - Construir uma cultura capaz de parar para corrigir erros, por forma a que a qualidade esteja sempre em primeiro plano;

      - Padronizar tarefas e processos para permitir a melhoria contínua e empowerment dos Colaboradores;

      - Efectuar controlos presenciais com frequência;

      - Utilizar tecnologia e respectivos suportes fiáveis, através da execução de testes frequentes;

      - Permitir o surgimento de líderes que desenvolvam um trabalho rigoroso, vivam a filosofia da empresa e tenham capacidade de ensinar os outros;

      - Desenvolver as capacidades e competências dos Colaboradores;

      - Respeitar a rede de Fornecedores e Parceiros de negócio, desafiando-os e ajudando-os a melhorar continuamente;

      - Acompanhar e controlar as situações relevantes para a Organização;

      - Tomar decisões reflectidas e considerar exaustivamente todas as alternativas;

      - Transformar a empresa num exemplo de aprendizagem, reflexão e melhoria contínua.

     

    Multimedia:
     
    Referenciado em:
  • Implementar processos para garantir mais e melhor inovação - Gestão de interfaces e do conhecimento

    Partilhar informação dentro da Organização

    Para a Toyota, gerir o conhecimento na Organização representa um dos pontos-chave para o sucesso do negócio. O conceito “oobeya” (processo de definição de “a quem”, “quando” e “como” partilhar informação dentro de uma Organização, durante os processos de mudança) traduziu-se na implementação de reuniões mensais de Colaboradores de todas as áreas funcionais da empresa, sejam eles de design, engenharia, produção, logística ou vendas, nos dois anos que precedem a entrada de um carro em produção.
     
    Essas reuniões podem ocorrer em diversas instalações da Organização e nestas podem discutir-se vários temas que permitam a partilha de informação: como reduzir custos e erros, como remover obstáculos, entre outros.
     
    Referenciado em:
  • Mobilizar recursos para sustentar a dinâmica de inovação - Estruturas

    Equipas de Inovação

    Toyota acredita que uma das chaves para o sucesso dos programas de inovação, está na delegação da decisão em estruturas organizacionais especificamente designadas para o efeito - as equipas de inovação.

    A necessidade da concordância da Gestão de Topo para todas as decisões no processo de inovação poderá consumir tempo precioso no processo de implementação. Assim, determinadas decisões deverão, na perspectiva da Toyota, ser delegadas nas equipas de inovação a fim de evitar atrasos e permitir uma rápida implementação das ideias inovadoras. O consentimento da Gestão de Topo deve apenas ser necessário em momentos muito específicos e concretos no processo de inovação.

    Referenciado em:
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Produto/Serviço

    Toyota IQ

    Como empresa de grande destaque à escala mundial, a Toyota procura permanentemente as soluções automóveis mais eficientes e inovadoras que garantam a satisfação dos seus clientes e a antecipação das suas necessidades.

    Exemplo desta preocupação, foi o desenvolvimento e produção do Toyota IQ, o mais pequeno carro de quatro lugares do mundo.

    Multimedia:
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Produto/Serviço

    Automóveis mais limpos

    A Toyota assumiu o compromisso do desenvolvimento sustentável e da procura por respostas que solucionem as questões do aquecimento global e da poluição urbana, através do desenvolvimento de uma série de tecnologias e de veículos inovadores sob o ponto de vista da protecção ambiental.

    Exemplo do referido, foi o lançamento em 1997 do Prius, o primeiro automóvel híbrido de produção em série do mundo.

     


     

    Multimedia:
     
    Referenciado em:
    www.toyota.com 
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Processo

    LEAN production

    A vantagem competitiva da Toyota é baseada na filosofia de gestão conhecida como “Sistema de produção Toyota” – LEAN. Este sistema de produção inovador foi desenvolvido pela Toyota e representa hoje em dia um exemplo de eficiência na produção automóvel.
     
    Lean é uma forma de identificar e eliminar desperdícios de produção, acrescentando desta forma, valor para a empresa. É um processo operacional desenhado para simplificar a forma como matérias-primas e informação são geridas.
     
    Os 7 desperdícios considerados neste sistema são: excesso de produção, inventário, transporte, tempo de espera, movimento (pessoas), excesso de processamento e defeitos (correcção de erros).
     
    Um dos conceitos fundamentais da filosofia LEAN é a metodologia PDCA – Plan, Do, Check, Adjust, centrada no planeamento de actividades, na sua implementação, na monitorização dessas actividades, na resolução de problemas detectados na monitorização , na identificação das causas dos problemas e na procura e implementação da melhor solução.
     
    Referenciado em:

Powered by