Siemens

www.siemens.com

Boas Práticas Implementadas

  • Criar condições para estimular a inovação - Cultura de inovação

    A cultura da Siemens é descrita como uma cultura aberta por Zhang Wei Ping, responsável pelas vendas da Siemens Energy em Shanghai. “Podemos discutir todos os assuntos, até mesmo argumentando uns contra os outros – no bom sentido. O processo de trabalho beneficia muito disso.
     
    Temos melhores ideias, melhores soluções”, refere Zhang. Observa ainda que “As pessoas da Siemens são muito eficientes e têm um conhecimento profundo acerca daquilo que fazem”.
     
    Teresa Collis, membro da equipa de branding afirma que “A única porta que está fechada para ti na Siemens é aquela que tu fechas”.
     
     
    Referenciado em:
  • Criar condições para estimular a inovação - Estratégia de Inovação

    “To be the pioneer of our time” é a visão da empresa que ganha forma através da sua estratégia assente em três pilares: foco em mercados emergentes em inovação, aproximação aos clientes, utilização da posição da Siemens. 
    A empresa pretende potenciar a sua posição de liderança no mercado e em tecnologia para garantir um crescimento positivo e sustentável.
     
    Neste sentido, foca-se em tirar o máximo de partido da sua presença global, situação financeira, força da marca, capacidade de inovação, e expertise, diversidade e compromisso das suas pessoas. Planeia também capitalizar das tendências demográficas, urbanísticas, ambientais e de globalização. 
     
    Em termos de investimento em inovação e apesar do atual contexto económico, o investimento em I&D foi de 4.1 mil milhões de euros no final do ano fiscal de 2014, o que representou 5,7% do revenue da empresa.
     
     
    Referenciado em:
  • Mobilizar recursos para sustentar a dinâmica de inovação - Capital Humano

    Em 2013, a Siemens foi eleita uma das “World's Most Attractive Employers” pela Universum, mostrando a sua capacidade de atração e retenção de talento. Teresa Collis, membro da equipa de branding da Siemens refere que “uma das melhores coisas em trabalhar para a Siemens – estamos presentes em 190 países, somos mesmo uma empresa global – (…) existem imensas oportunidades de exposição a outros países e culturas”. 
     
    Em termos de pessoal em I&D, em 2014 a empresa contava com 28.800 colaboradores dedicados a esta área, refletindo a sua estratégia orientada para a inovação e desenvolvimento. Os colaboradores cujas inovações mais contribuem para o sucesso da Siemens podem ainda ser eleitos e premiados enquanto “Inovadores do Ano”, iniciativa que está em funcionamento desde 1995.
     
    Mais informação em Implementar processos para garantir mais e melhor inovação > Proteção e valorização de resultados
     
    Desta forma, a propensão de oportunidades e a implementação de práticas de valorização de talento são fatores críticos para sustentar as dinâmicas de inovação da Siemens.
     
     
    Referenciado em:
  • Mobilizar recursos para sustentar a dinâmica de inovação - Relacionamentos Externos

    A Siemens vê o working together como algo estratégico para o seu negócio. Assim, participa em cerca de 1.000 projetos colaborativos por ano, com universidades, centros de investigação e parceiros industriais, no sentido de reforçar o seu portefolio de inovação a longo prazo. 

     
    Estabelece parcerias com universidades no sentido do desenvolvimento de investigação, promoção de talento e criação de networking. Os “Centers of Knowledge Interchange” (CKIs) são centros integrados nas universidades que são coordenados por um key account manager da Siemens. Cabe à Siemens identificar parceiros, organizar workshops e selecionar alunos para os programas da empresa. Neste momento existem oito CKIs nos vários continentes. 
     
     
    Referenciado em:
  • Implementar processos para garantir mais e melhor inovação - Gestão de ideias

    Na Siemens em Portugal, existe um programa interno de gestão de ideias, o “3i”. Esta iniciativa promove e acolhe as ideias e inovações dos colaboradores e tem vindo a demonstrar resultados positivos. Desde a sua criação já foram submetidas 2.694 ideias, gerando um benefício de 3,7 milhões para a empresa.

     

    Referenciado em:
  • Implementar processos para garantir mais e melhor inovação - Gestão de projectos de IDI

    No sentido de criar a maior plataforma offshore de windfloat a nível mundial, a Siemens irá proceder a um investimento na ordem dos 265 milhões de dólares. O sistema será instalado a norte de Inglaterra, em Yorkshire com o Green Port Hull, e com uma fábrica perto de Paull.

    O projeto irá criar cerca de 450 postos de trabalho em Yorkshire e 550 em Paull e estará operacional em 2016. Irá contribuir para o fornecimento de energia renovável a preços baixos para o consumidor e reduzindo a dependência externa deste país para o fornecimento desta utility, ao mesmo tempo que promoverá a atração de capital. O governo inglês espera uma capacidade instalada de 10 gigawatts até 2020.

     

    Referenciado em:
  • Implementar processos para garantir mais e melhor inovação - Protecção e valorização de resultados

    O número de patentes pertencentes à empresa alcançou um valor recorde em 2014, totalizando cerca de 56.100. No mesmo ano, a Siemens nomeou 12developers como “Inovadores do Ano”, que em conjunto criaram 900 inovações e 842 patentes individuais. “With their ingenuity and their drive to create new technology solutions, these 12 inventors and their 30,000 colleagues worldwide have played a key role in safeguarding our company's technological future and market success”, refere Joe Kaeser, Presidente e CEO da Siemens AG na cerimónia de entrega de prémios. 

    A Siemens em termos de rankings mundiais de empresas detentoras de patentes, era em 2013, a 2ª maior a nível europeu, a 4ª maior na Alemanha e 14ª ao nível dos EUA.
     
     
    Referenciado em:
  • Identificar resultados de inovação - Avaliação de Resultados - Sociedade

    A Siemens utiliza as suas tecnologias para contribuir para a sociedade e para um ambiente mais sustentável. A título de exemplo, a qualidade do ar em Potsdam (na Alemanha) foi melhorada depois da instalação de um sistema de controlo de sinais de trânsito em 2012. Este sistema reage ao fluxo do trânsito e poluição, no sentido em que, quando os níveis de poluição se aproximam do limite, o período em que o semáforo está vermelho é estendido nas estradas que dão acesso às autoestradas.

    Mesmo sem a aplicação de outras medidas de eficiência ambiental, os resultados foram significativos. Um estudo lançado logo após a implementação deste sistema revelou que as emissões em excesso das permitidas foram categorizadas como bastante menos frequentes na segunda metade de 2012 do que no período homólogo.

     

     

    Adicionalmente, em parceria com a Stand Up to Cancer, foi lançado o “The Baton Pass”, no sentido da angariação de fundos para a investigação sobre o cancro. A Siemens irá doar 1 dólar por cada pessoa pela qual o Baton passar.  

     

    Referenciado em:
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Produto/Serviço

    No sentido de estudar o conceito de mobilidade elétrica, a Siemens desenvolveu recentemente um carro elétrico no âmbito do projeto “4-Sustainelectromobility”. O “movE”, com um sistema de condução elétrica de 56 kilowatt, tem sido testado por colaboradores Siemens na Alemanha, para perceber em que medida estes veículos podem ser integrados no trânsito e quais os possíveis desafios que podem enfrentar. Este mercado é interessante para a empresa, uma vez que detém o expertise necessário e dada a sua perspetiva de crescimento futuro. A ideia será tornar-se líder na produção das componentes do carro. A Siemens espera ter 1,5 milhões de veículos puramente elétricos na Alemanha até 2020.
     
    Também no que respeita a mobilidade aérea, a Siemens apresentou o primeiro avião híbrido. De facto, o trânsito aéreo contribui em 2% para as emissões de CO2 no mundo e a União Europeia quer iniciar cobrança pela poluição. Com dois lugares, utiliza um gerador elétrico e um motor superpotente, e permite uma redução das emissões de combustível na ordem dos 25%. A par dos avanços tecnológicos, o próximo passo será alargar a escala para companhias aéreas, contribuindo para uma mobilidade mais eficiente. 
     
    Na área da saúde, a Siemens criou um equipamento que permite visualizar os órgãos, sua posição, função e atividade metabólica em simultâneo. O Biograph mMR vem revolucionar a área da medical imaging, fornecendo imagens PET e MRT. Tornando a examinação mais rápida e menos exposta a radiações, esta inovação contribui para um mais fácil diagnóstico de cancro.
     
    Multimedia:
     
    Referenciado em:
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Processo

    A Siemens tem demonstrado esforços para tornar as energias renováveis mais competitivas. Por exemplo, tem vindo a desenvolver “autoestradas de energia” para garantir uma menor perda de transmissão ao longo de vários quilómetros. Tem também construído sistemas de conservação de energia, smart grids e centrais elétricas eficientes. E oferece uma grande variedade de soluções de poupança de energia para fábricas industriais e edifícios.

     
    Concretamente na Alemanha, e no seguimento do desastre de Fukushima, surge uma necessidade de adaptação de processos pela via da sustentabilidade. A decisão alemã da retirada da energia nuclear vem a par com uma nova política energética para este país. De entre os vários desafios colocados em cima da mesa, será necessário alcançar uma maior eficiência em termos de recursos e de energia, bem como progressos tecnológicos. A implementação desta nova política vem abrir portas para a instalação de tecnologias Siemens, como um novo ciclo de combinação de uma central de energia que alcança mais de 60% de eficiência. A Siemens é a única empresa no mundo que detém todas as tecnologias necessárias para implementar a referida política.
     
     
    Referenciado em:
  • Grandes Tendências - Crowdsourcing

    m parceria com a Zooppa, a Siemens recorreu ao crowdsourcing para encontrar produtores de filmes para que contassem histórias acerca de como a inovação tecnológica contribui para a melhoria das cidades. Intitulado por “Changing Your City for the Better”, o concurso premiava os vídeos mais cativantes que melhor passassem a mensagem pretendida com a iniciativa. Através dos membros de mais de 28 países da comunidade Zooppa, foram recebidos 118 documentários em formato de storytelling. 

     

    (Comentário do diretor de Marketing Digital da Siemens acerca da iniciativa)

     

    Multimedia:
     
    Referenciado em:
  • Grandes Tendências - Redes Sociais

    A Siemens detém várias páginas nas redes sociais, nomeadamente no Facebook e no LinkedIn, onde a empresa é seguida por 136 mil e 516 mil seguidores respetivamente. Nestas plataformas são partilhadas notícias recentes e estudos levados a cabo pela empresa. No LinkedIn, a empresa tem também um grupo fechado para os colaboradores de toda a sua rede.

     

    Referenciado em:
  • Grandes Tendências - Gamification

    A Siemens está a promover uma plataforma de gamification – a PlantVille – desenhada para a apresentação da marca e das suas tecnologias. A plataforma está dividida em três componentes: o PlantVille Game, um simulador de atividades em fábrica; o PlantVille café, em que existe uma interação com os jogadores para discutir as soluções do jogo; e o PlantVille Puzzler, em que os utilizadores podem testar os seus conhecimentos através de brain teasers.

    “Achamos que será uma forma divertida de aprendizagem acerca da gestão operacional de uma fábrica e, ao mesmo tempo, de aprender sobre aquilo que a Siemens faz nos EUA.”, diz Daryl Dulaney, CEO da Siemens Industry. “Quando se joga e se é confrontado com desafios, são dadas pistas e apresentados links de ajuda à tomada de decisões para melhorar o desempenho da fábrica. Muitos desses links remetem para os websites dos produtos Siemens.”
     
     
     
     
    Multimedia:
     
    Referenciado em:

Powered by