Opway

A Opway, universo empresarial surgido em Janeiro de 2008, assume a estratégia de consolidar o projecto de um grupo empresarial diversificado e internacionalizado, procurando a optimização do seu desempenho e da retribuição do capital investido pelos accionistas. Para alcançar estes objectivos, a Opway propõe-se apostar nas áreas de maior valor acrescentado, como sejam as concessões rodoviárias ou outras, obras de engenharia, indústria e a promoção imobiliária. O Grupo Opway canaliza toda a experiência adquirida para os projectos dos clientes, assegurando-lhes qualidade e capacidade de construção, bem como todas as sinergias disponibilizadas pelas suas diferentes empresas, na busca das soluções mais interessantes para a concretização desses projectos. A política de gestão da Opway Engenharia, S.A. reflecte o conjunto das orientações estratégicas aplicadas à execução das suas obras. Envolve a satisfação dos colaboradores, as necessidades dos clientes e assegura com rigor o cumprimento legal, contribuindo de forma positiva para a comunidade. Somos facilitadores da construção e queremos proporcionar satisfação ao cliente, para também assim garantir a sua fidelização.

 

 

Processo de Certificação

 

A visão da Opway consiste em integrar de forma estável um líder numa base geográfica relevante, de excelência na montagem e execução de negócios de Construção e crescendo para novos mercados internacionais. Aspiração última é antecipar as necessidades da sociedade, ajudando-a a criar novos projectos e a concretizá-los com sustentabilidade, em que a Construção representa uma importante componente de um conjunto mais amplo de actividades.

 

 

A nossa missão consiste em sermos excelentes e fiáveis a construir, adaptáveis a novas geografias e culturas organizacionais... visionários e empreendedores nas soluções que propomos, cooperantes activos em redes multidisciplinares, economicamente impactantes e benéficos para a sociedade.

A OPWAY Engenharia, S.A. iniciou a sua actividade em Janeiro de 2008 como Empresa Certificada nas áreas da Qualidade (NP EN ISO 9001:2008), Ambiente (NP EN ISO 14001:2004) e Segurança (NP 4397:2001). Foi com responsabilidade e empenho que temos vindo a implementar aquelas que acreditamos serem as melhores práticas que se traduzem na nossa credibilidade e no objectivo último de proporcionar, de forma continuadamente melhorada, mais-valias aos nossos clientes e a outros parceiros de negócio, bem como à comunidade em geral.

Foi com estes mesmos valores que decidimos, em Março de 2009, implementar um Sistema de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI), segundo o referencial NP 4457:2007 - Gestão de IDI - Requisitos do Sistema de Gestão.

Ainda em Março foi nomeado o nosso Conselho Consultivo da Sustentabilidade para promover e dinamizar uma cultura de inovação na organização.

A Política de Gestão da OPWAY Engenharia engloba a estratégia de inovação a seguir em toda a organização, através da promoção de uma cultura de inovação, de criatividade interna e de gestão do conhecimento, de forma a criar valor internamente e para os clientes.

 

 

Os nossos Processos

Com a implementação do Sistema de Gestão de IDI, em Agosto de 2009, criámos na nossa intranet a página INOVWAY. Esta ferramenta foi concebida com o objectivo de incentivar a geração de ideias por parte dos nossos colaboradores, levando-os a contribuírem para uma organização mais inovadora.

 

 

É através do INOVWAY que o colaborador envia as suas ideias, que depois são analisadas por uma equipa de avaliação, preferencialmente com elementos pertencente ao Conselho Consultivo da Sustentabilidade (CCS). Desta análise seguem para projectos de inovação as ideias que mostrem potencial de inovação.

É elaborada uma ficha de caracterização do projecto onde é feita uma análise mais detalhada do mesmo, nomeadamente em termos de recursos necessários, custos, análise de riscos, e qual a equipa que implementará o projecto. O projecto termina com a uma ficha de encerramento, onde são analisados os benefícios antes e depois da implementação do projecto.

A Opway foi auditada em Outubro de 2009, processo do qual resultou, em Dezembro do mesmo ano, a concessão da certificação do seu Sistema de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação.

 

 

 

 

Jorge Grade Mendes

Presidente da Comissão Executiva


A Opway Engenharia, S.A. desde a sua fundação, em 2008, definiu como uma das suas orientações estratégicas a implementação dos sistemas de gestão como um dos veículos para o seu desenvolvimento sustentável de forma organizada e cada vez mais competitiva. Em 2009, o projecto de sistematizarmos a nossa forma de inovar surgiu naturalmente e com objectivos muito específicos, entre eles potenciar a inovação de forma planeada e estruturada, como um activo estratégico da empresa; estruturar o conhecimento existente na organização, mantê-lo e disponibilizá-lo aos colaboradores e, por último, potenciar a criatividade na concepção de novos benefícios, procurando sistematicamente novas abordagens técnicas, organizacionais e de processo que acrescentem valor à organização e aos nossos clientes.

A implementação deste sistema foi, por um lado, um desafio que quisemos colocar aos nossos colaboradores: serem criativos; por outro, uma oportunidade: a de, com a sua criatividade, contribuir para a inovação e, assim, influenciar os resultados e a estratégia da empresa na qual trabalham. O balanço até à data é muito positivo…os nossos colaboradores têm vindo a aderir muito bem.

 

Boas Práticas Implementadas

  • Implementar processos para garantir mais e melhor inovação - Gestão de interfaces e do conhecimento

    Na a Sociedade da Informação em que vivemos e num mercado tão competitivo como o da construção, torna-se fundamental criar estratégias geradoras de valor para a organização, sendo claramente a gestão do conhecimento uma ferramenta fundamental para a criação de vantagens competitivas e diferenciadoras entre pares.

    Para a Opway Engenharia, que tem origem na fusão de duas das mais antigas e prestigiadas empresas do sector da construção e obras públicas, acresce o desafio do gerir o conhecimento gerado pela experiência colhida nas duas organizações originárias ao longo da sua história, com vista a integrá-lo no seu desempenho futuro.

     

     

    O objectivo do projecto de gestão do conhecimento da Opway Engenharia é sistematizar todas as experiências obtidas pela organização ao longo dos anos, nos diferentes projectos realizados e através dos seus colaboradores, bem como o conhecimento proveniente dos parceiros, fornecedores, clientes e outras entidades externas, de modo a ser disponibilizado a toda a organização, competindo à Direcção da Qualidade e Ambiente a liderança deste projecto.

    A primeira etapa foi a recolha e tratamento da informação e sistematização de conhecimento existente, dando origem à «base de conhecimento».

    A recolha de informação interna é transversal a todos os colaboradores da organização e consiste na recolha de informações técnicas, experiências obtidas em obra e, acima de tudo, lições aprendidas, de modo a constituir uma base sistematizada de conhecimento disponível dentro da organização, sendo elencadas matérias variadas, como por exemplo documentação técnica, de formações e de reuniões internas, legislação aplicável, projectos de IDI e características das empreitadas que executamos.

    A recolha de informações com base em fontes externas à Opway é baseada em publicações técnicas, colóquios, seminários e conferências, catálogos técnicos de sistemas e métodos construtivos e produtos para a construção.

    A disponibilização da informação já sistematizada constitui a segunda etapa do projecto.
    É recorrendo a uma das ferramentas mais importantes de divulgação da organização, a
    intranet, que é disponibilizada a base de conhecimento a toda a organização.

    Após uma fase inicial de constituição de uma «base de conhecimento existente» e sua disponibilização na intranet, a recolha, sistematização e disponibilização actualizada do conhecimento é feita em contínuo.

    A parte mais ambiciosa deste projecto é a recolha de conhecimento implícito disperso, de modo a reuni-lo e explicitá-lo à organização, potenciando mais-valias para os colaboradores de hoje e de amanhã. A implementação deste projecto está já a ser materializada através de acções de formação aos jovens engenheiros, ministradas pelos nossos directores de produção ou directores de obra seniores, onde são transmitidas as boas práticas de execução, tendo as mesmas como objectivo último reduzir de forma sistemática as patologias associadas à deficiente execução.

     

  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Processo

    Utilização de aterros leves em Geo Leca® na reabilitação de estruturas de suporte. Caso prático

    No Lanço do IC9 recentemente construído entre o Nó de Carregueiros e Tomar existe um muro de suporte em gabiões com 10 m de altura, ao km 0+588 e 0+654, que em Fevereiro de 2009 registou grandes deformações, o que obrigou à remoção de parte do aterro suportado e ao adiamento da abertura ao trânsito da estrada. No pavimento eram visíveis diversas fissuras longitudinais, paralelas ao alinhamento do muro referido.

    De forma a investigar o fenómeno em causa e os agentes catalisadores do mesmo, a Opway, conjuntamente com uma empresa de projecto (CENOR), com a qual costuma estabelecer parcerias, planeou uma campanha de trabalhos de prospecção geotécnica e ensaios, a qual, associada às observações efectuadas no local e à análise dos vários elementos compilados, permitiu apurar a extensão e as origens prováveis dos acontecimentos.

     

    Aspecto da fissuração existente



    Seguiu-se um processo de verificação analítica da estabilidade da estrutura de suporte construída (em conformidade com o projecto de execução existente) e a realização de uma análise qualitativa de risco, através do recurso a matrizes de impacto e a árvores de decisão. Foram equacionadas diversas soluções possíveis, como a demolição total do muro e posterior reconstrução, a construção de uma cortina de microestacas ou a execução de uma viga ancorada, etc…

    No final, optou-se por uma intervenção pouco frequente em Portugal e inovadora, embora com o mesmo grau de segurança, mas que permitia a reabilitação e preservação da estrutura construída (em tempo recorde) e com menos impactos quer ambientais quer sociais.

    A solução dimensionada e executada compreendeu a remoção parcial das terras presentes no tardoz do muro de suporte, a construção de um aterro zonado com Geo Leca® e a implementação de dispositivos de drenagem superficial e semi-profunda. De modo a acompanhar a estabilidade do muro, foram instalados diversos alvos topográficos que são monitorizados quinzenalmente, em média, desde a construção, em Outubro de 2009.

     

    Sondagens mecânicas de prospecção



    A Geo Leca® é um agregado leve de argila expansiva, de elevado ângulo de atrito interno, o que associado ao seu reduzido peso volúmico (cerca de 25% do peso volúmico de um solo) contribui para que os impulsos gerados no tardoz das estruturas sejam muito menores, comportando-se estas de forma mais satisfatória. Por outro lado, sendo um material drenante, evita a acumulação de água que se possa infiltrar e gerar impulsos hidrostáticos. No total, foram utilizados aproximadamente 1.700 m3 de Geo Leca®.

    Convém referir que a ideia de aplicação de Geo Leca®, no caso vertente, resultou da participação dos técnicos da Opway em seminários e congressos onde as características e potencialidades dos agregados leves foram apresentadas. Posteriormente, e já na perspectiva de utilização dos mesmos, foram realizados contactos com a empresa que fabrica e comercializa a Geo Leca® em Portugal, a Saint-Gobain / Weber. Assim, da colaboração entre a Opway, a Cenor e a Saint-Gobain / Weber nasceu o projecto e a obra de reabilitação do muro em análise.

    A aplicação de aterros leves na reabilitação de estruturas de suporte já construídas e com a dimensão das do caso vertente constituiu uma inovação na Opway. Devido ao sucesso obtido com a solução, já foram equacionadas outras intervenções com recurso à Geo Leca®. É um material muito promissor e com grande potencial em geotecnia, existindo já em estudo soluções de aterro com Geo Leca® no atravessamento de solos compressíveis.

     

Powered by