Google

Boas Práticas Implementadas

  • Criar condições para estimular a inovação - Cultura de inovação

    Promover a Inovação

     

    Apesar do seu enorme crescimento desde que foi fundada em 1998 por Larry e Sergey,  a Google ainda preserva o ambiente de uma pequena empresa familiar. À hora do almoço, a maior parte dos Colaboradores opta por tomar a sua refeição na cafetaria da Organização, o que lhes permite conviver com colegas dos mais variados Departamentos.

    Os temas de conversa podem variar entre o trivial e o técnico, sendo que, se a discussão incidir sobre aplicações móveis, redes sociais, encriptação ou software para serviços de publicidade, não é invulgar ouvir-se alguém afirmar: “Colaborei no desenvolvimento deste produto da Google.”.

    Como forma de fomentar a cultura de inovação é ainda prática comum a Google fornecer aos seus Colaboradores bicicletas, como meio de transporte sustentável entre as diversas divisões e edifícios da Organização, facultar espaços de lazer, com matraquilhos, mesas de bilhar, campos de voleibol, vários jogos de vídeo, pianos, mesas de ping-pong, piscinas, ginásios com aulas de  ioga e dança, e também disponibilizar salas para refeições ligeiras com vários snacks e bebidas. Estes privilégios foram instituídos para manter elevados os níveis de actividade e motivação dos Colaboradores da Google ao longo do dia.

    De facto, parte deste ambiente descontraído é promovido pela cultura da própria empresa, que acredita que o bem-estar dos Colaboradores conduzirá a maiores níveis de motivação para a inovação. Neste sentido, a Google, permite que os seus Colaboradores  utilizem até 20% do seu tempo de trabalho em projectos que  não estejam necessariamente relacionados com as suas funções. São exemplos de inovações decorrentes desta abordagem produtos como o Gmail, Google news, entre outros.

    Multimedia:
  • Criar condições para estimular a inovação - Estratégia de Inovação

    Conquistar negócio a partir pela partilha de know-how

    A estratégia de negócio da Google é claramente diferenciadora de toda a sua concorrência. A Google aposta em aplicações em rede partilhadas, sejam elas a procura de ficheiros (Google Search), ferramentas de edição de texto (Google Docs) ou gráficas, ferramentas de partilha de conteúdos (tais como fotos ou vídeos), ou fornecimento de serviços através de tecnologias baseadas na Computação em Nuvem. A Organização aposta na vasta Rede da internet como plataforma para oferecer os seus serviços aos Clientes.

    Com o intuito de combater eficazmente Concorrentes relevantes no mercado crescente dos dispositivos móveis e “gadgets”, a Google apostou no lançamento de um Sistema Operativo “aberto” para estes  tipo de dispositivos (o Android). Esta estratégia de negócio diferenciadora, da Google, tem-lhe permitido a liderança no mercado.

    Integrada na estratégia de negócio, a visão e a atitude perante a inovação representam igualmente alguns dos principais factores de sucesso da Organização. De facto, segundo SherylSandberg, vice-presidente de sistemas automáticos de publicidade da empresa: “A Google nem sempre possui respostas ou certezas relativamente a todos os programas que cria. No entanto, estamos dispostos a tolerar e conviver com essa ambiguidade e incerteza, porque só dessa forma daremos espaço para que a inovação surja de forma natural no meio do “caos”.” Exemplo do referido, foi o lançamento da ferramenta de partilha de vídeos da Google, que resultou em fracasso. Face a este insucesso, a Organização foi capaz de aprender através dos resultados desta experiência e acabou por entrar no mercado da partilha de vídeos através da aquisição do “YouTube”, que se apresentou como uma estratégia de inquestionável sucesso.

    Assim, a Google continua a criar novas soluções para os Clientes, a partir da estratégia de inovação conhecida como “spaghetti” (“atirar à parede para ver se pega”), retirando sempre lições dos casos de insucesso que enfrenta.

    Referenciado em:
  • Mobilizar recursos para sustentar a dinâmica de inovação - Relacionamentos Externos

    Parcerias ultrapassam barreiras

    São inúmeras as parcerias desenvolvidas pela Google para produção e comercialização dos seus produtos. De entre os vários exemplos, destaca-se o Google Maps, que actualmente se encontra disponível via iPhone, como consequência de uma parceria entre a Apple e esta Organização. Um outro exemplo muito bem sucedido até ao momento, foi o lançamento do sistema operativo Andróidpara os dispositivos móveis, o qual propõe uma solução aberta, facilitando o desenvolvimento de aplicações por terceiros para estes dispositivos.

    De facto, dada a natureza do negócio da Google, é expectável que sejam criadas parcerias com empresas tecnológicas a um ritmo cada vez maior, por forma a acompanhar o  ritmo  frenético  de consumo dos “high-techusers” e da nova geração de Clientes ávidos por produtos tecnológicos topo de gama.

    Os elevados consumos energéticos dos DataCentersda Google têm induzido a Organização a desenvolver parceiras  com o intuito de os instalar em locais apropriados, próximos de centrais energéticas (por vezes dedicadas a abastecer exclusivamente estes centros). Em geral, os serviços da Google são fornecidos sobre uma infra-estrutura de rede fornecida por operadores de telecomunicações. 

    Segundo o modelo actual de funcionamento da internet, o Fornecedor da infra-estrutura não cobra pelo tráfico dos serviços que nelas ocorrem (obtendo retorno com base em aluguer de capacidade da infra-estrutura).

    Esta situação causa naturalmente descontentamento junto dos operadores, que procuram influenciar as autoridades reguladoras no sentido de obterem retorno dos serviços de elevado valor que são fornecidos, a partir das suas infra-estruturas, por entidades como a Google (este tem sido chamado o problema da isenção da internet, o qual é absolutamente essencial para o modelo de negócios da Google). No sentido de  se proteger desta situação, a Google tem desenvolvido parcerias com Fornecedores de equipamento de telecomunicações (tais como a NokiaSiemens Networks) para instalar uma larga infra-estrutura de redes ópticas próprias.

     
    Referenciado em:
  • Implementar processos para garantir mais e melhor inovação - Protecção e valorização de resultados

    Proteger legalmente soluções inovadoras

    Como consequência do desenvolvimento constante de produtos e serviços associados à tecnologia, as empresas que participam na sua criação e comercialização enfrentam um grande desafio no sentido de garantirem a protecção da propriedade intelectual por si detida. Para o efeito, a Google dispõe de estruturas internas e responsáveis pelo processo de protecção e valorização de resultados, especialmente dedicados ao registo de patentes e marcas. Actualmente a empresa detém 187 patentes de grande importância na base de dados USPTO, e outras 10 na Exaflop. Em termos de categorias de protecção da propriedade intelectual, as referidas patentes apresentam a seguinte distribuição:

    Advertising Patents (15)
    Design Patents (11)
    Duplicate Content Patents (4)
    Email and Messaging Patents (7)
    Event Modeling Patents (3)
    Game Patents (2)
    Hardware Patents (12)
    Image and Video Patents (17)
    Large File Space Indexing Patents (9)
    Medical Patents (1)
    Modeling and Mapping Patents (11)
    Multiple Database Indexing (3)
    Phrase-Based Indexing Patents (3)
    Radio Patents (7)
    Search Indexing Patents (63)
    Security Patents (3)
    Social Networking (1)
    Software Patents (4)
    Vehicles (1)
    Voice Search Patents (2)
    Voting Patents (1)
    Wireless and Mobile Patents (7)
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Produto/Serviço

    Diversificar oferta e negócio

    O sucesso da Google deve-se em grande parte à capacidade de percepção das necessidades dos consumidores à escala Global, que são cada vez mais dependentes da tecnologia para organizarem  os seus afazeres, quer pessoais quer profissionais.

    De modo a dar resposta às necessidades dos Clientes, a Google vê-se obrigada a inovar continuamente. De entre os produtos/ serviços inovadores que a Organização desenvolveu ao longo do tempo, salientam-se os seguintes:

    • Google (motor de pesquisa): A Pesquisa é obviamente a principal razão pela qual a Google se tornou um sucesso no mercado da tecnologia. Este produto representa o motor de busca mais utilizado à escala Global com uma larga margem. As hipóteses da Concorrência recuperar num curto espaço de tempo , incluindo o Bingda Microsoft, são praticamente nulas.
       
    • Publicidade: Os esforços de publicidade da Google são inigualáveis na Internet. A plataforma da empresa AdSense provou ser fundamental para o sucesso de vários blogse sites na Internet. Inúmeras empresas têm utilizado o AdWordspara ajudar a promover as suas marcas. O resultado tem sido evidente através de enormes ganhos financeiros para a Google.
       
    • Youtube: Embora a Google tenha sido duramente criticada pela aquisição do Youtube, esta plataforma tem-se provado fundamental para o sucesso e rentabilidade da Google. O YouTubeé a principal plataforma de vídeo na Internet e está a tornar-se rapidamente num potencial local para o aluguer de filmes online.
       
    • Partilha e edição de documentos: GoogleDocs é líder nas ferramentas de edição de texto em rede, sendo um forte competidor das soluções instaladas em máquinas pessoais, tais como oWord ou Excel.
       
    • Google Maps, uma aplicação de mapas líder no mercado, não só no segmento Web mas também nos dispositivos móveis.
       
    • Gmail é uma aplicação de correio electrónico igualmente integrada na plataforma Google, líder neste segmento.
       
    • Google Chrome é um dos principais Browsers usados hoje em dia, competidor do Internet Explorer da Microsoft, do Mozilla Firefox e do NetScape.
       
    • Andróid, o Sistema Operativo criado recentemente pela Google para terminais móveis, é já um forte competidor ao Symbian da Nokia (líder do mercado), assim como ao IOS (iPhone OS) da Apple (líde r num nicho: segmento premium). A Google desenvolveu igualmente o ChromeOS para PCs. 
       
    • Google Scholar, Google Patents, Google Groups, Google News, Google Books, são outros exemplos de serviços criados pela Google.

       
    Referenciado em:
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Processo

    Organização e planeamento no processo de inovação

    Dada a natureza do negócio da Google e a volatilidade da tecnologia que lhe está associada a Organização viu-se forçada a adaptar os seus processos internos por forma a dar resposta às crescente s exigências do mercado.

    Dessa forma, a reformulação dos processos internos na Google desenrolou-se em torno do método 70-20-10 criado pela própria Organização:

    • Atendendo a que 70% da utilização da Google está relacionada com o seu motor de busca, a Organização focalizou os seus esforços de desenvolvimento e fortalecimento dos seus processos em torno de novos e mais eficazes sistemas de procura de informação;

    • 20% representam o esforço e o tempo mínimo que a Organização pretende facultar aos seus Colaboradores para aplicarem na inovação e na procura de ideias inovadoras para o negócio;

    • 10% dizem respeito à percentagem de produtos/ serviços que apesar de provavelmente não apresentarem potencial para o sucesso, deverão ser testados no mercado.

     

    Referenciado em:
  • Identificar resultados de inovação - Avaliação de Resultados - Mercado

    Nova abordagem de mercado

    Desde os seus primeiros anos de actividade, a inovação sempre fez parte da natureza do negócio da Google. De facto, a Google inovou inicialmente pela oferta de serviços de publicidade contextualizados, em que os anúncios eram visualizados pelos utilizadores que acedessem a conteúdos relacionados com as procuras efectuadas. Oferecendo este serviço de utilização e acesso livres, a Google deparou-se com a problemática de ser uma Organização cujos serviços eram utilizados mas não produziam retorno. Um professor da Universidade de Berkeley, HalVarian, identificou que a Google poderia rentabilizar o seu negócio a partir da venda de publicidade, sistema que tem a denominação comercial AdWords. Este sistema permite a utilizadores e empresas criarem o seu próprio site e desenvolverem anúncios, suportando a Google esta ferramenta. Assim, a Google obtém retorno não só do seu site, mas também de todos os sites que utilizem o AdWorkspara anunciarem.

    Com esta redefinição de um método para rentabilizar o livre acesso a pesquisas, chegou-se à conclusão de que quanto maior o acesso dos utilizadores à internet maior seriam os seus proveitos. É neste sentido que a Google desenvolve novos softwares que complementam o motor de busca e o tornam mais facilmente utilizável, seja pela utilização do browser Google Chrome, seja pela utilização dos telemóveis com sistema operativo Android, ou até mesmo do futuro sistema operativo ChromeOS. A principal inovação não está nos produtos gratuitos que disponibiliza, está na criação de um modelo de  negócio e na consequente estratégia de  facilitação do seu acesso. É de referir que em 2008, com a utilização do AdWords, a Google facturou 21.000 milhões de dólares.

    Multimedia:
  • Identificar resultados de inovação - Tipos de Inovação - Produto/Serviço

    Está previsto para 2013 o lançamento dos Project Glasses da Google. Tratam-se de óculos de realidade aumentada com ligação à internet que permitem partilhar aquilo que os olhos veem. Têm utilidades variadas: indicam a temperatura exterior quando o indivíduo olha pela janela; anunciam se há greve nos transportes públicos, indicandoalternativas para chegar ao destino pretendido; enviam mensagens, registando por escrito o conteúdo comunicado verbalmente; tiram fotografias, entre outros. 

     

     

    Multimedia:
     
    Referenciado em:

Powered by