Ambidata

 

A Ambidata dedicou-se consistentemente, desde a sua fundação, em Outubro de 1999, e até ao final do ano 2000, ao desenvolvimento de software de gestão ambiental e laboratorial, necessidade detectada no mercado. Nos anos seguintes a empresa solidificou a sua actividade comercial, sendo visíveis os frutos do esforço do trabalho desenvolvido, com particular destaque para o ano 2003, no qual foi também realizado um conjunto de investimentos em pessoal, equipamentos e novas instalações que a dotaram de maior capacidade de acção no mercado e de infra-estruturas adequadas ao aumento de clientes, que entretanto se verificou. 2004 foi um ano de alterações na organização interna e de criação dos processos organizativos da empresa, que culminaram com a certificação ISO 9001 em 2007 e NP 4457:2007 em 2009. Entre 2004 e 2006 verificou-se um forte crescimento: admissão de novos colaboradores e um aumento significativo do volume de negócios que nos permitiu registar nesses três anos um crescimento de cerca de 15% ao ano. Em 2007 obtivemos a certificação do LabWay-LIMS® pela Microsoft e o acesso ao Microsoft Certified Partner Program. Finalizámos também com sucesso o registo das marcas dos nossos principais produtos: LabWay-LIMS®, CitoPro® e LabWay-Aqua®, assim como da marca Ambidata®. 2008 e 2009 distinguem-se pelo início do processo de internacionalização da Ambidata, eixo central da estratégia da empresa.

 

Processo de Certificação

Ambidata® desenvolve e fornece soluções digitais globais inovadoras e consultoria a laboratórios de análises que possuem a capacidade de produzir um ambiente de trabalho totalmente digital, sem qualquer registo em papel, incluindo LIMS e software
de Gestão da Qualidade. Somos líderes em Portugal e estamos internacionalizados para diversos países.

A nossa missão é criar um futuro no qual os laboratórios possuam equipamentos e software totalmente integrados, capazes de optimizarem os recursos existentes e fornecerem a melhor qualidade de serviço. O nosso principal objectivo é o fornecimento de serviços e soluções de elevada qualidade, únicos e valiosos, ao melhor preço do mercado.


ACEITEM O DESAFIO DA INOVAÇÃO!

Quando a APCER nos apresentou a norma NP 4457:2007, a pergunta que de imediato nos assolou o espírito foi:

« - Porque Não…?! Faz todo o Sentido! É o caminho natural após a Certificação ISO 9001.»

A Norma tem tudo a ver com o que o que Somos… Inovadores; e ajuda-nos a gerir e sistematizar esta nossa predisposição para a inovação. Porque não sabíamos (sabemos!!) gerir a inovação...

Como obter mais-valia da nossa inovação?! Como transformar inovação em negócio? Estas foram as questões a que, de seguida, procurámos responder.

 

QUE VANTAGENS?

Para a Ambidata, a implementação do seu Sistema de Gestão da Inovação (figura 1) traduziu-se em vantagens importantes:

  • Ganhámos capacidade de gerir o conhecimento interno;
  • Aumentou a nossa percepção global do que é inovar;Passámos a inovar em mais áreas (tínhamos sobretudo uma cultura de inovação de produto): organizacional, marketing e processos;
  • Melhorou o nosso processo de Concepção e Desenvolvimento;
  • Maior sistematização das nossas Actividades de Inovação;
  • Melhorou a nossa imagem para o exterior.
 

Figura 1 - Fases da implementação do Sistema de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação

 


QUAIS AS FERRAMENTAS DE SUPORTE?

Todas as actividades desenvolvidas na Ambidata são geridas de uma forma 100% digital, recorrendo a software adquirido ou desenvolvido internamente.

Assim, para a gestão do nosso processo de IDI desenvolvemos um conjunto de funcionalidades na nossa ferramenta de Gestão da Qualidade, o B-Quality (figura 2):

  • Indicadores da Gestão de IDI
  • Gestão de Ideias e Projectos
  • Gestão do Conhecimento
  • Gestão Documental
  • Gestão de Interfaces.
 

Mas grandes soluções não têm de (nem devem!) ser soluções complexas. Por exemplo, o nosso Quadro Branco de ideias consistiu na utilização de uma ferramenta do Office da Microsoft: o Onenote.

Figura 2 - Painel de indicadores de IDI, actualizados online
 

 

Para concluir, gostaríamos de transmitir uma mensagem final:
«Invistam no sucesso das vossas empresas. Inovação é Negócio!!!»

 
 

 

Paulo Rego

Administrador


Ambidata – Digital Inovation Solutions & Consulting, Lda. é uma das empresas tecnológicas portuguesas de referência e possui uma equipa pluridisciplinar especializada, 90% da qual detentora de grau universitário. Tem os seus escritórios no Porto e iniciou a actividade em 1999.

 

Ambidata desenvolve e fornece soluções digitais inovadoras e consultoria para laboratórios de análises, capazes de produzir ambientes verdadeiramente digitais, com a melhor relação qualidade/preço. O nosso principal objectivo é fornecer serviços e soluções com a melhor qualidade, únicos e valiosos.

 

Entendemos como nossa missão criar um futuro onde os laboratórios digitais possuam equipamentos e soluções de software integradas, capazes de optimizarem recursos e oferecem a melhor qualidade de serviço.

 

Somos líderes em Portugal na implementação de soluções LIMS (Laboratory Integration Management Solutions) e de gestão da qualidade e queremos ser líderes ibéricos e nos países africanos de expressão portuguesa nos próximos anos.

Possuímos mais de 150 clientes em 4 países – Portugal, Angola, Espanha e Cabo Verde – e em inúmeros sectores de actividade – abastecimento de água, análises de águas e alimentos, efluentes gasosos e poluição atmosférica, indústria química e petroquímica.

 

A internacionalização tem um papel central na nossa estratégia porque consideramos que os nossos produtos são competitivos a nível mundial. Estamos presentes nas principais feiras internacionais do sector e nos mercados onde não actuamos directamente pretendemos construir uma rede de parceiros tecnológicos.

 

Ambidata é certificada pelas normas ISO 9001:2008 e NP 4457:2007. Os produtos desenvolvidos na Ambidata são certificados pela Microsoft e registados na Assoft. Todas as nossas marcas estão registadas.

 

Boas Práticas Implementadas

  • Implementar processos para garantir mais e melhor inovação - Gestão de ideias

    A produção de ideias inovadoras faz parte do código genético da Ambidata®.Aquando da implementação da Norma Portuguesa 4457:2007, verificámos que o que fazia parte da nossa forma natural de ser estava perfeitamente enquadrado no ponto «4.3.2 - Gestão das ideias e avaliação de oportunidades», o que nos levou a reforçar a desmistificação daquilo que para a Ambidata® já era certo mas carecia de sistematização.

    Sendo a empresa dedicada a um ramo de negócio de nicho, a área laboratorial, e sendo constituída por uma pequena equipa muito diversificada, quer em termos de formação quer ao nível da experiência pessoal, desde sempre tivemos uma postura de total abertura seguindo um modelo LREIM: Listen (ouvir), Reflect(reflectir), Evaluate (avaliar),
    Implement (implementar) e Measure (medir), esquematizado na figura 7.


    Figura 7 - Modelo LREIM para a Gestão de Ideias

     

    • Ouvimos a equipa, os clientes e parceiros;
    • Reflectimos sobre as suas sugestões, necessidades e requisitos, produzindo ideias;
    • Avaliamos as ideias e o seu potencial de inovação para a resolução de problemas;
    • Implementamos soluções que vão ao encontro dos requisitos definidos sob a forma de processos digitais;
    • Medimos e quantificamos o valor das ideias e sugestões implementadas de forma a ser possível uma análise quantitativa e qualitativa de todo o processo.

    Num primeiro momento, a sistematização do processo criativo de apresentação de ideias tornou-se um sistema de alguma forma controlador da criatividade e castrador de ideias inovadoras. Assim, tendo sempre em vista o objectivo de usar sistemas digitais, definimos um processo de gestão de ideias que assenta sobre cinco factores:

    • Captação de Ideias - todos os colaboradores são motivados para a apresentação de ideias; este é hoje um objectivo pessoal de cada colaborador, sujeito a avaliação anual; 
       
    • Registo e Apresentação - uma ideia, para ser apresentada, deve ser formalmente descrita para que a mesma inclua um conjunto de requisitos necessários à sua apresentação pública em reunião de empresa; 
       
    • Avaliação - a avaliação das ideias é um processo cooperativo. A partir da sua apresentação pública, as ideias são discutidas em reunião de empresa e todos os colaboradores são chamados a emitir sugestões e opiniões sobre as mesmas; 
       
    • Definição de Projecto - sempre que uma ideia é validada e definida como capaz de gerar potencial inovador, é desenvolvido um relatório de projecto com vista à sua implementação ou envio para carteira de projectos; 
       
    • Gestão do Portefólio - existem, no entanto, ideias que, pelas suas características, ou por não serem de execução imediata, passam para o nosso arquivo de ideias, sendo as mesmas reavaliadas ou incorporadas em novas ideias ao longo de todo este processo.

    Temos hoje um processo mais estruturado para apresentar e gerir as ideias da empresa.

    Não se criou um sistema burocrático ou cerceador de ideias, antes pelo contrário; hoje, cada colaborador conhece exactamente a forma e o procedimento de apresentação de todas as suas ideias e sugestões que possam levar a factores novos de qualquer tipo de inovação. Este conhecimento traz-nos uma maior capacidade inovadora e criadora de novas soluções internas e externas e aumenta a satisfação individual, na medida em que cada um se sente mais interveniente e participativo do processo criativo.

Powered by