Innovation through Portuguese Aeronautical Heritage

O Turismo tem sido desafiado por consumidores especializados e segmentados, que ambicionam diversificar e enriquecer o seu portefólio de experiências com o consumo de produtos distintivos, que agregam diferentes serviços para assegurar toda a sua viagem. Ademais, os produtos turísticos detêm uma concorrência global. Assim a sua constante diferenciação é crucial para alcançarem o sucesso. No entanto, o sector do turismo é pautado por micro e pequenas empresas, que pode comprometer a sua capacidade de inovação e o desenvolvimento de novos produtos.

Pelo exposto, a colaboração entre entidades, recorrendo ao modelo de redes de inovação para, deveriam ser largamente aplicadas no sector do turismo uma vez que permitem desenvolver sinergias, reduzir custos, fomentar a divulgação, promover a criação de conhecimento e germina novas ideias. Contudo, apesar dos desenvolvimentos na literatura do turismo, a maioria da investigação acerca de redes de inovação é aplicada em sectores tecnológicos. Este estudo pretende analisar o desenvolvimento de um produto turístico que valoriza os recursos aeronáuticos portugueses, tendo em conta um modelo de gestão que assegura contínuas adaptações/ criações no produto que satisfaçam a procura exigente. Esta investigação pretende superar o estado da arte atual ao desenvolver conhecimento em duas áreas de investigação distintas (e novas) e integradas: i) explora o espólio aeronáutico português, tanto civil como militar, enquanto recursos turísticos para constituir uma rota por Portugal, sendo que a exploração destes ativos num formato de rota por todo o país é internacionalmente inexistente; ii) suporta a gestão deste produto turístico com a aplicação de um modelo de redes de inovação. Como resultados da investigação, a Rota Aeronáutica Portuguesa responde aos objectivos do estudo e propõe um produto turístico não-tradicional que poderia qualificar a oferta turística Portuguesa. Seria uma oportunidade para promover o país com uma marca de destino aeronáutico e que se apoiaria numa rota de multi-destinos. Neste sentido, uma rede de inovação em conjunto com a aplicação de uma rota turística permite uma valorização contínua dos recursos e assegura a sua sustentabilidade ao apelar à colaboração entre múltiplas organizações, o que alimenta o ciclo de inovação e reforça a sua estratégia ao longo das áreas de processos e do marketing.

Tipo de Tese / Dissertação

Dissertação de Mestrado

Data de Conclusão

2014

Orientador

Professora Doutora Isabel Caetano

Faça download da tese
Innovation through Portuguese Aeronautical Heritage

Raquel Pires

Mestrado em Gestão ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa

Raquel Pires conta com licenciatura em Gestão Turística e Mestrado em Empreendedorismo e Inovação, duas áreas que conjugadas definem a sua ambição: valorizar os recursos turísticos, criando experiências distintivas. A sua experiência de mais de 5 anos em consultoria de projectos de investimento dita o seu gosto de estar próxima das entidades para acompanhar a mudança. O seu espírito empreendedor faz com que seja parte dela!

partilhar Imprimir

Saiba mais