A multidimensional framework to improve knowledge flow and innovation process at the fuzzy front-end: a case study in a Brazilian technology-based firm

Considerando o atual ambiente competitivo e com rápidas transformações tecnológicas, as organizações estão buscando inovar cada vez mais, com um menor custo e o menor tempo possível, voltando sua atenção para as atividades do Desenvolvimento de Novos Produtos, reconhecidas como um importante driver de performance, principalmente para o setor de tecnologia. Desde 1991, a literatura divide o Desenvolvimento de Novos Produtos em 3 fases, sendo a primeira delas chamada de Fuzzy Front-End (FFE), ou FRONT-END DA INOVAÇÃO (FEI).

Com pesquisas ainda escassas, esta fase vem sendo considerada por muitos autores como a fase que traz as maiores oportunidades de melhorar o processo de inovação como um todo, uma vez que uma decisão tomada no início do processo de desenvolvimento de um novo produto tende a afetar todas as demais etapas do processo e um bom planejamento inicial tende a aumentar a probabilidade de sucesso do produto durante sua etapa de comercialização. Entretanto, a eficácia desta fase inicial requer uma grande quantidade de conhecimento e competências de diversos atores, sejam eles internos ou externos à organização. Devido a isso, uma eficiência cada vez maior na GESTÃO DO CONHECIMENTO tornou-se estratégico para as organizações. Considerando a presença de atores externos no processo de Desenvolvimento de Novos Produtos, outro importante aspecto identificado como influenciador do processo de inovação é a CAPACIDADE DE ABSORÇÃO. Muitos autores consideram que as organizações possuem diferentes capacidades de inovar, uma vez que elas possuem diferentes capacidades de absorver o conhecimento externo. Considerando estes estudos chave, e partindo do referencial teórico e dos principais modelos da literatura que discorrem, de forma isolada, sobre o processo de inovação, a criação de novos conhecimentos e a capacidade de absorção, esta tese propõe um modelo (framework) sistêmico, verificado com dados empíricos, onde os elementos conceituais dessas 3 diferentes áreas de investigação estão sistematizados e integrados. Apresentado de forma inovadora, o resultado se apresenta como o primeiro modelo da literatura que explora a relação conceitual entre diferentes dimensões da gestão da inovação, incluindo a gestão do conhecimento e a capacidade de absorção como aspectos influenciadores do desempenho inovador de uma organização. Esta perspectiva contribuiu para a compreensão da interdependência entre as várias partes do complexo sistema de inovação e dos desafios atuais neste campo enfrentados pelas empresas, bem com o suas práticas. Além disso, este estudo também contribui para a compreensão das relações de causalidade e fornece a base para a construção de novas rotas para melhorar o desempenho inovador e se mostra potencialmente útil no desenvolvimento de futuros modelos de front-end da inovação e novas pesquisas futuras, seja para outros pesquisadores, como também para o desenvolvimento do projeto de pesquisa de doutoramento da aluna, que terá seu inicio no próximo ano, a realizar-se na mesma universidade.

Tipo de Tese / Dissertação

Dissertação de Mestrado

Data de Conclusão

2015

Orientador

Professor Doutor João José da Cunha e Silva Pinto Ferreira

Faça download da tese
A multidimensional framework to improve knowledge flow and innovation process at the fuzzy front-end: a case study in a Brazilian technology-based firm

Poliana Pires

Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

Nascida no Brasil em 1988. Licenciou-se em Comunicação Social, com ênfase em Publicidade e Propaganda, possui MBA em Gestão Estratégica de Marketing e especialização em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos. Em 2015 tornou-se Mestre em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. É fanática por inovação e tecnologia e iniciante no ecossistema empreendedor. Iniciou sua atividade profissional em 2006, em uma empresa de base tecnológica, atuando 6 meses como treineee e 6 anos como contratada, onde trabalhou em diversos departamentos como criação, projetos, estratégia, marketing, negócios, produtos e inovação. Nos 2 últimos anos atuou como coordenadora da área de Produtos e Inovação, definindo posicionamento estratégico dos produtos, ciclo de vida, roadmap, análise de resultado financeiro, forecast de desempenho, implementaç ão dos processos de inovação e captação de recursos financeiros para projetos de inovação e subvenção econômica. Foi professora auxiliar na Pontifícia Universidade Católica, lecionando sobre produção de conteúdo para dispositivos móveis e novas tecnologias. Em 2013 mudou-se para Portugal para dedicar ao mestrado, onde também iniciou o trabalho de consultoria para empresas de tecnologia no Brasil, nas quais já havia trabalhado. Hoje é diretora de Produtos e Marketing em um empresa de DNA digital.

partilhar Imprimir

Saiba mais