Conceito

O que é?

O Barómetro de Inovação® é uma plataforma que visa disponibilizar informações sobre a inovação em Portugal, tendo sido lançado em 2010 com os seguintes objetivos:

  • Divulgar, dando-lhes, maior visibilidade, indicadores e estatísticas de IDI e, através deles, desenvolver análises e apresentações agregadas;
  • Apresentar informação sobre a inovação empresarial, em particular práticas de gestão de inovação;
  • Criar e manter um painel de “líderes” que, com regularidade, emitam as suas opiniões sobre questões de inovação.

Com a evolução desta plataforma, foram adicionadas 3 novas secções ao Barómetro de Inovação®, sendo agora composto pelas seguintes temáticas:

Enquadramento do Barómetro de Inovação® na estratégia da COTEC Portugal e na iniciativa DSIE

A COTEC Portugal surgiu em 2003 com a missão de promover o aumento da competitividade das empresas localizadas em Portugal através do desenvolvimento e difusão de uma cultura e de uma prática de inovação. Para tal, definiu um conjunto de eixos estratégicos de atuação, sendo de salientar que as atividades dinamizadas no âmbito do Barómetro de Inovação®, inseridas na Iniciativa "Desenvolvimento Sustentado da Inovação Empresarial" (DSIE), se enquadram quer na promoção de uma cultura de inovação como "fonte essencial da competitividade empresarial" quer no estímulo à "prática da inovação por todos os agentes do Sistema Nacional de Inovação (SNI)".

A Iniciativa DSIE, desenvolvida entre 2006 e 2011, teve como objetivo central o de estimular e apoiar as empresas nacionais, em particular os Associados da COTEC, no desenvolvimento da inovação de uma forma sistemática e sustentada, com vista ao reforço das suas vantagens competitivas numa economia cada vez mais globalizada e assente no conhecimento.

Sob a coordenação de João Picoito (NSN), a fase inicial da DSIE, que decorreu entre 2006 e 2008, resultou em quatro projetos que levaram à disponibilização de um conjunto de produtos e serviços ligados à inovação empresarial: o Modelo de Interações em Cadeia, as primeiras Normas Portuguesas de Gestão da IDI, o sistema de Innovation Scoring® em versão bilingue e respetivo Manual de Apoio ao Preenchimento do Innovation Scoring e o Manual de Classificação das Atividades de IDI.

Sob coordenação de João Bento (BRISA), entre 2008 e 2011, a aposta da DSIE dirigiu-se ao reforço das capacidades de gestão de IDI de um número cada vez maior de empresas que operam em Portugal, visando, por isso, generalizar a utilização de um conjunto de ferramentas desenvolvidas na fase inicial da Iniciativa.

 
                                          

 

 

Entre 2008 e 2011, o conjunto de ações desenvolvidas mobilizou cerca de 3647 participações em workshops e 921 em atividades de formação nos temas da gestão da inovação. No mesmo período de tempo, o número de empresas com sistemas de gestão de inovação certificados de acordo com a NP 4457:2007, passou de 15 para 102, continuando a aumentar até 2015 (164).

Estima-se que o sistema de avaliação do desempenho das empresas em inovação, Innovation Scoring®, seja utilizado por mais de 600 empresas.

No âmbito da iniciativa DSIE foi introduzida também a atividade de monitorização dos processos de internacionalização das normas de certificação no âmbito da Investigação, Desenvolvimento e Inovação. (ID&I) através da criação, em 2006, da Comissão Técnica (CT) 169 - "Atividades de Investigação, Desenvolvimento e Inovação", com a missão de desenvolver normas nacionais e assegurar a participação no desenvolvimento de normas internacionais na sua área de conhecimento e competência, proporcionando o debate entre as partes interessadas e apresentando a posição de Portugal nas áreas incluídas no seu âmbito.

Com cerca de 20 membros, representantes de empresas, universidades, instituições de I&D e organismos públicos, e atualmente presidida por Isabel Caetano, Diretora da área "Dinamização da Inovação Empresarial" da COTEC Portugal e Coordenadora do Barómetro, a CT 169 tem sido responsável por acompanhar a atividade de Comissões Técnicas (TC) homólogas existentes no Comité Europeu de Normalização (CEN - TC 389) e na Organização Internacional de Normalização (ISO - TC 279), recentemente criada.

 

Vídeo de Apresentação

partilhar Imprimir

Saiba mais